Campo Grande •26 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo MS - 40 anos

Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital. | Quarta, 28 de Junho de 2017 - 18h33Suspeito de envolvimento em morte se apresenta à PolíciaAdvogado conta que Robson Lopes dos Anjos ‘apenas deu carona’ ao autor

  
Advogado Amilton Ferreira de Almeida. (Foto: Marco Miatelo)
  • Advogado Amilton Ferreira de Almeida.
  • Delegado Jairo Carlos Mendes. (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

O suspeito de envolvimento na morte de Leandro Moreira da Silva, de 35 anos, assassinado em um bar, no Bairro Mário Covas, em Campo Grande, na sexta-feira passada, 23 de junho, se apresentou à Polícia Civil nesta quarta-feira, 28. Ele estava acompanhado do advogado e nega participação no crime. A versão apresentada é de que apenas deu uma carona para o autor do crime, sem nem mesmo saber que ele estava armado.

Robson Lopes dos Anjos prestou depoimento ao delegado Jairo Carlos Mendes. O advogado dele Amilton Ferreira de Almeida explicou que seu cliente estava na mesma rua onde aconteceu o crime e que após uma discussão com a namorada saiu de casa, onde o autor do crime lhe pediu uma carona.  “Ele me contou que teve uma discussão com a namorada, quando seu sogro disse que chamaria a polícia, ele então pegou seu carro e saiu de casa. O autor do crime que estava na rua lhe pediu um carona”, conta o advogado.

Amilton ainda contou que Robson ao perceber que o autor estava armado se assustou e pediu que ele descesse do seu carro, só que ele deixou a arma dentro do veículo. Robson então jogou a arma em um matagal e abandonou seu carro na casa de um conhecido na Rua Rubi, na Vila Morumbi.

O delegado disse não ser possível adiantar informações sobre o caso e mencionou que a polícia está à procura do autor. “Estamos aguardando o laudo da perícia e também estamos verificando algumas imagens de câmeras de segurança do local”, informou.

Conforme o delegado, Robson tem passagens pela polícia por tráfico de drogas, mas não está em dívida com a Justiça. Ainda de acordo com o delegado, o rapaz está cooperando com as investigações e entregou o revólver calibre 38, que o autor deixou dentro de seu carro. Jairo Carlos não soube informar se ele permaneceria preso ou se seria solto.

Veja Também
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento