Menu
26 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Prisão

Sobrinho que matou tio é preso

Acusado foi preso por uma equipe de investigadores

23 Jul2019Da redação07h10
(Foto: Luciano Muta)
  • O caso usado para fuga foi preso
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)

Miguel Arcanjo Camilo, de 43 anos, acusado de matar o próprio tio Oswaldo Foglia, no último dia 15, foi preso na noite de ontem (22), por uma equipe do GOI (Grupo de Operações e Investigações), da Polícia Civil. De acordo com as primeiras informações Miguel foi preso por uma equipe de investigadores.

De acordo com o delegado Oswaldo Foglia, que teve os serviços contratados por um político da cidade de Cassilândia interior do Estado, no valor de R$ 150 mil foi a motivação para o assassinato.

Miguel Arcanjo teria feito o intermédio entre o tio e a contratação por este político, que teria desfeito o acordo depois de Oswaldo ter agido de forma violenta. Mas, Miguel não teria contado ao tio sobre o desacordo e acabou passando cheques para a vítima na tentativa de quitar a dívida de R$ 150 mil.

Antes dos cheques serem descontados Oswaldo teria ido até a conveniência exigindo o dinheiro, quando Miguel acabou atirando no tio.

Veja Também

Polícia prende homem por disparo de arma e descobre cativeiro de aves
Com fiscalização intensa, 22 condutores são presos por embriaguez na Capital
Jovem é esfaqueado na cabeça durante a assalto
Motociclista embriagado é preso com dinheiro falsificado
Motociclista morre em acidente durante perseguição
Casa em condomínio de luxo é furtada na Capital
Jovem teria sido morto após discussão em estacionamento
Sete homens foram presos pela Deam durante o Carnaval
Bandidos armados fazem família refém
Homem é autuado em R$ 5 mil por manter 10 aves silvestres em cativeiro