Menu
16 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Segov - Campanha HPV
Três Lagoas

Servidor municipal ameaça médica após laudo

Documento permitia retorno do autor para o serviço

17 Mai2018Da redação11h35

Servidor público de prefeitura em Mato Grosso do Sul ameaçou uma médica pericial de previdência particular após receber laudo de normalidade na saúde, o permitindo retornar ao trabalho. Ele estava afastado por quadro de depressão e ansiedade.

Segundo o site Dourados News, por volta das 17h de ontem (16) o homem de 40 anos teria ido até a clínica da vítima, localizada no Jardim Cangalha em Três Lagoas, para realizar exame pericial. Crendo que receberia mais alguns dias de atestado, o servidor ameaçou a médica após receber laudo de normalidade na saúde.

Ele teria se auto lesionado em tentativa de apresentar descontrole psíquico e chutado cadeiras e móveis do consultório.  Como num ato de loucura, o acusado foi até a porta, trancou a sala e disse para a vítima, “se a senhora não me dar os 30 dias eu te encho de pancada”.

A vítima refutou o autor, dizendo que as coisas não funcionavam daquela maneira, mas após muita insistência acabou se sentindo obrigada a fornecer o atestado. Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) em Três Lagoas.

Veja Também