Menu
20 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Campo Grande

Hospital abre protocolo de morte encefálica para criança arremessada na rua

Menina de três anos estava na área vermelha do hospital com traumatismo craniano

12 Dez2019Da Redação15h08

A Santa Casa (SC) de Campo Grande abriu protocolo de morte encefálica para a menina de 3 anos que foi atacada, na manhã de quarta-feira (11), por um homem desconhecido enquanto caminhava com a mãe pela Rua Baobá, no Bairro Moreninhas III.  O autor agarrou a criança e bateu a cabeça dela no chão.

A menina deu entrada no hospital em estado grave, com traumatismo craniano. Segundo a assessoria da SC estão sendo realizados testes para verificar se há atividade cerebral na criança. A suspeita de morte encefálica é confirmada em etapas. Por enquanto, foi feita apenas a primeira e o resultado deve sair em algumas horas.

O caso - A mãe da menina contou a polícia que estava com a filha caminhando na rua, junto com um bebe de colo e outra criança menor no carrinho quando o homem desconhecido se aproximou, pegou a criança e bateu a cabeça dela no chão duas vezes.   O autor identificado como Cecilio Martins Centurião Junior, de 34 anos, foi agredido e contido por populares até a chegada da Guarda Civil Metropolitana.

Ele recebeu atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida, antes de ser levado para a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). Já a menina foi internada na área vermelha da Santa Casa, sedada e entubada.

Hoje (12), o autor que foi indiciado por tentativa de homicídio passou por audiência de custódia e teve a prisão em flagrante convertida para preventiva.

 

Veja Também