Menu
19 de abril de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Super Banner SEGOV - VALE UNIVERDADE
Interior

Queremos dar paz à família, diz delegada que apura furto de cadáver

Corpo de Rosilei Potronieli, de 37 anos, foi levado do cemitério de Dois Irmãos do Buriti

13 Fev2019Da redação18h31

A delegada Kelly Marcedo que investiga o furto do corpo de Rosilei Potronieli, de 37 anos, do cemitério de Dois Irmãos do Buriti, disse que a polícia se esforça em primeiro momento para localizar o cadáver. “Queremos dar paz a esta família que já sofreu muito com o assassinato dela”, comentou em vídeo encaminhado para a TV MS Record.

Rosilei morreu na madrugada de domingo (10), após ser esfaqueada por um homem, em um bar na cidade de Terenos. Dois dias depois, o corpo foi levado do cemitério de Dois Irmãos do Buriti, onde estava sepultado.

Conforme o site de notícias local Buriti News, o coveiro, ao chegar ao local, percebeu que o túmulo havia sido mexido e acionou a polícia. Os peritos retiraram o caixão e constataram que o corpo não estava mais lá dentro. A investigação do caso está sendo feito com o apoio da Polícia Civil de Terenos onde o crime de feminicídio  aconteceu.

Quem tiver informações a respeito pode telefonar para (67)3243-1230 e (67)99994-3166; a identidade do informante será mantida em sigilo.

Veja Também