Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Dourados

Quatro pessoas são presas após sequestrar uma pessoa em Dourados

Acusados queriam informações sobre duplo homicídio

31 Jul2017Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital.17h45

No domingo (30) quatro pessoas foram presas em Dourados após sequestrarem um rapaz de 25 anos para cobrar informações a respeito de um duplo homicídio, que aconteceu no dia 8 de julho, em um lava rápido próximo a Rua Coronel Ponciano.

De acordo com o site Dourados News foram presos Luís Carlos Gregol, de 39 anos, residente em Paranhos, Alex dos Santos Botelho, de 25 anos, o ‘Neguinho’, Roberto Antunes de Lara, de 24 anos e Gilson Alves Maccari, de 23 anos, que foram presos em flagrante por porte e posse ilegal de arma de fogo, sequestro e associação criminosa.

Conforme relatos a vítima estava com amigos no Jardim Universitário quando a caminhonete Hilux preta, com os sequestradores, se aproximou. Os ocupantes desceram do veículo encapuzado e levaram o rapaz.

Os colegas após o carro sair legaram para a Polícia Militar que iniciou rondas pela região, que localizaram o veículo com os envolvidos na Rua Passo Fundo, cruzamento com a Cider Cersózimo, no mesmo bairro.

O jovem teria sido questionado por várias vezes sobre quem seria ‘Ednaldo’, que é suspeito de ter ligação com o duplo homicídio ocorrido no dia 8 de julho.

Luís Carlos é irmão de Carlos Domingos Gregol e pai de Gabriel Gregol, mortos no lava rápido. Com ele a polícia encontrou uma pistola 380 com dois carregadores e 42 munições. Já com Alex havia uma arma calibre 9 mm com 44 munições. Gilson também portava arma do tipo com 44 munições.

Na casa de Roberto Antunes os policiais encontraram outra arma pistola calibre 380. Com o grupo a polícia ainda apreendeu capuz, corda e certa quantia em dinheiro.

Questionado Luís Carlos disse que o porte de arma dele e dos outros envolvidos, foi decorrente a uma ameaça de invasão na sua propriedade, na região de Amambaí.

A polícia vai investigar o caso.

Veja Também