Menu
25 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Propina

PF encontra “tesouro” do Geddel

Milhões de reais estariam escondidos em apartamento em Salvador

5 Set2017Da redação com informação do site www.estadao.com.br11h20

Em um apartamento que servia como “bunker” supostamente, utilizado por Geddel Vieira Lima para armazenagem de dinheiro em foi encontrada grande quantia de dinheiro em espécie. A apreensão se deu durante a realização da Operação Tesouro Perdido, deflagrada hoje pela Polícia Federal. Durante as buscas Os valores apreendidos serão transportados a um banco onde será contabilizado e depositado em conta judicial.

A Polícia federal cumpria mandado de busca e apreensão emitido pela 10ª Vara Federal de Brasília. O ex-ministro foi citado nas delações do empresário Joesley Batista e do operador financeiro Lúcio Funaro. Após investigações decorrentes de dados coletados nas últimas fases da Operação Cui Bono, a PF chegou a um endereço em Salvador/BA, onde o dinheiro estava armazenado.

Geddel foi preso em julho acusado de participar de esquema ilegal de liberação de recursos na Caixa. Ele foi vice-presidente do banco durante a gestão Dilma Rousseff. No governo Temer, Geddel foi ministro da Secretaria de Governo, responsável pela articulação política do Palácio com o Congresso, pela distribuição de cargos e de emendas parlamentares. Desde 12 de julho, o ex-ministro está em prisão domiciliar sem o uso de tornozeleira eletrônica por ordem do desembargador Ney Bello. Filiado ao PMDB, Geddel é próximo ao presidente Temer.

Veja Também