Menu
6 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Tráfico de Drogas

PRF apreende mais de 40 quilos de supermaconha

Entorpecente foi apreendido com jovens em duas ocorrência no norte de MS

23 Mai2020Da Redação18h14

Em menos de 24 horas a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 41,6 kg de skunk em Mato Grosso do Sul. A droga, também conhecida como supermaconha , foi apreendida em duas ocorrências no norte do estado.

Na noite desta sexta-feira (22), uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deu ordem de parada ao condutor do veículo VW Gol, de placas de Belo Horizonte (MS), no KM 240 da BR-060, em Bandeirantes-MS.

Durante a abordagem, o condutor, de 20 anos, aparentou nervosismo com a presença policial e disse que estava voltando de Ponta Porã. Conforme informações policiais, a equipe fez uma vistoria minuciosa no veículo e encontrou 14,6 kg de Skank, um tipo mais concentrado de maconha, distribuídos em vários compartimentos do carro.

Diante do fato, foi dada voz de prisão ao jovem, sendo encaminhado para a Polícia Civil de Bandeirantes. De acordo com a ocorrência, os agentes também descobriram que o veículo usado no transporte era de uma empresa locadora de automóveis de Feira de Santana (BA) e deveria ter sido devolvido no último dia 18 de maio.

A segunda ocorrência envolvendo apreensão de maconha aconteceu no município de Coxim, na manhã deste sábado (23). Os agentes da PRF fiscalizavam o KM 734 da BR-163, quando deram ordem de parada ao táxi modelo VW Voyage, de placas de Campo Grande, que transportava duas mulheres, de 19 e 20 anos.

Conforme ocorrência, as passageiras demonstraram um excessivo nervosismo com a abordagem. Depois da vistoria nas bagagens delas, os policiais encontraram 16 embalagens contendo Skank, pesando 27 kg.

Aos policiais, as jovens relataram que buscaram a droga na rodoviária de Ponta Porã e entregariam em Rondonópolis (MT) para pessoas desconhecidas por R$ 2 mil. Elas foram presas e encaminhadas para a delegacia da Polícia Civil de Coxim. Os entorpecentes também foram entregues. O motorista do táxi foi encaminhado como testemunha.

 

 

Veja Também