Campo Grande •23 de Março de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Aguas - Campanha Março

Elaine Silva - Especial para Diário Digital | Sexta, 10 de Fevereiro de 2017 - 09h20Traficantes abandonam 3 ton de maconha para fugir da PRFCarros estavam sem banco traseiro e vidros pintados de pretos

  
Droga iria para a cidade de Goiânia (Foto: Luciano Muta)
  • Droga iria para a cidade de Goiânia
  • Veículos foram abandonados (FOTO:Luciano Muta)
  • Carros eram característicos Cavalo Doido (FOTO:Luciano Muta)
  • Cerca de três toneladas foram apreendidas (FOTO:Luciano Muta)
  • Motoristas conseguiram fugir (FOTO:Luciano Muta)
  • Veículos foram roubados em outros estados (FOTO:Luciano Muta)
  • Ambas as placas eram frias (FOTO:Luciano Muta)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de três toneladas de maconha em dois veículos, identificados como “cavalo doido”. O fato aconteceu na madrugada de hoje (10), por volta das 00h30, no macro anel, perto da saída da avenida das Três Barras. Os motoristas tentaram fugir ao avistar a PRF, mas acabaram abandonando os carros.

Durante rondas na região, a polícia rodoviária localizou dois veículos, sendo uma camionete Hillux e um SW4, lotados de maconha. Segundo Márcio Leite, inspetor da PRF, como não conseguiram despistar a polícia com os carros, eles fugiram a pé, abandonando os veículos. O SW4 foi deixado perto de um posto de gasolina e teve o para-choque quebrado. Enquanto a Hillux realizou um retorno e foi abandonada da em uma entrada sem saída do macro anel. 

Os carros eram furtados, de Minas Gerais e Ceará. Eles estavam com placas frias de Campo Grande e Minas Gerais e com documentos falsificados. Nos veículos foram encontrados indícios que eles saíram da cidade de Coronel Sapucaia, que faz fronteira com Paraguai. O inspetor da PRF relata que provavelmente a droga iria para Goiânia.

“Esses carros são característicos, por conta deles retirarem os bancos traseiros e pintarem os vidros de preto. Nesses carros somente vai o motorista, pois até o banco do passageiro vão lotados de drogas, eles não têm intenção de parar, por isso o nome 'Cavalo doido'. Os motoristas usam entradas vicinais parta conseguir fugir dos postos da polícia”, explica Márcio Leite. 

 

Veja Também
Menor ganha liberdade e é apreendido no mesmo dia
Procon realiza fiscalização no Carrefur
Homem é morto com golpes de facão em Itahum
Homem executado na fronteira era empresário e fazendeiro
Quinta, 23 de Março de 2017 - 06h59Filho vende moto roubada para mãe Autor alega ao realizar a compra o “ladrão honesto” revelou o roubo
Mãe de paciente agride médica na UPA do Leblon
Avião-radar é nova arma no combate ao narcotráfico
Adolescentes são presos por atirar pedras em veículos de professores
Fiscais recolhem amostras de carne na Capital
Tabletes de maconha são apreendidos na rodoviária da Capital
Square Banner Sicredi
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento