Campo Grande • 08 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | segunda, 24 de outubro de 2016 - 17h10Ladrão que investiu contra polícia é preso na CapitalThiago tentava vender notebook furtado quando acelerou carro para cima dos policiais

  
Thiago Paulussi Vazzi, de 28 anos, já tinha várias passagens pela polícia (Foto: Deco/Divulgação)
  • Thiago Paulussi Vazzi, de 28 anos, já tinha várias passagens pela polícia
  • Início da negociação do notebook furtado foi nas redes sociais (Foto: Deco/Divulgação)
  • (Foto: Deco/Divulgação)
  • (Foto: Deco/Divulgação)

Thiago Paulussi Vazzi, de 28 anos, foi preso por tentativa de homicídio qualificado. Ele estava sendo procurado pela polícia desde 17 de outubro quando foi flagrando tentando vender um notebook furtado nas proximidades de um hipermercado localizado na Avenida Tamandaré. Na ocasião, ele investiu contra os policiais da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco).

 Ao ser abordado, Thiago teria sacado um objeto aparentando ser uma arma de fogo, bem como, acelerando o veículo contra os policiais civis. Os policiais precisaram disparar contra o suspeito. Thiago fugiu, sendo localizado pela polícia no dia seguinte. Ele foi enquadrado por tentativa de homicídio, receptação e desobediência.

O notebook furtado que Thiago negociava no momento da abordagem policial foi recuperado na escondido na residência do suspeito. Inicialmente, ele teria oferecido o objeto furtado pelas redes sociais da internet e, posteriormente, marcou encontrou para vender o produto.

O rapaz foi encontrado na casa da namorada, na região do Bairro Jardim Presidente. Ele estava ferido em seu tornozelo por disparo de arma de fogo. Ao ser conduzido a Deco para autuação devida, Thiago informou que, por estar escondido desde o ocorrido para evitar sua prisão em flagrante, não havia procurado atendimento médico, sendo então socorrido pelos policiais civis que o apresentaram na Santa Casa, onde ficou internado para procedimento cirúrgico de retirada do projétil de seu tornozelo.

As diligencias policiais continuaram, sendo possível recuperar ainda um aparelho celular que também havia sido furtado da mesma academia de ginástica localizada na Vila Planalto de onde havia sido subtraído o notebook que vinha sendo negociado nas redes sociais.

Após receber alta, Thiago foi interrogado formalmente junto a Deco. Segundo a delegacia, ele confessou a prática do crime de receptação do notebook e do aparelho celular, bem como, confirmou que de fato havia desobedecido a abordagem policial para evitar que fosse preso em flagrante, e que realmente evadiu-se do local acelerando seu veículo só parando quando chegou nas proximidades da cidade de Rochedo, onde aguardou anoitecer para poder voltar a Capital.

A retornar, ele se escondeu na casa da namorada onde foi localizado junto com o veículo que utilizou para investir contra a vida dos policiais civis da Deco.

Após autuação em flagrante pelos crimes indicados, a Deco representou no próprio auto pela conversão em prisão preventiva, o que foi acatada pelo Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul. Ele já passou pela audiência de custódia e foi encaminhado ao Presídio de Segurança Máxima, no Jardim Noroeste.

Conforme a Deco, Thiago já tem passagens policiais no estado de Minas Gerais, onde responde na cidade de Três Corações pelos crimes de homicídio (com júri marcado para julho de 2017), roubo a joalheria, violência doméstica e crime de trânsito, pelo qual inclusive encontrava-se cumprindo pena sob regime especial de prisão domiciliar, saindo do Estado de MG sem comunicação ao Poder Judiciário.

A Deco já informou ao Forum daquele Estado sobre a prisão em flagrante em MS.

(Com informações da assessoria de imprensa da Deco)

Veja Também
Igreja histórica é alvo de bandido que acaba preso
Presos fogem após serrarem grades de delegacia em Aquidauana
quarta, 07 de dezembro de 2016 - 11h31Após denúncia de tiroteio, polícia aprende armas de fogo Dono de estabelecimento disse que estava soltando bombinhas
Homem preso três vezes em dois meses
quarta, 07 de dezembro de 2016 - 10h05Golpes de estelionato vêm crescendo em Dourados Após ligação de "sequestrador" idosa paga cerca de R$ 400
Operação Canindé prende 11 pessoas em ação contra 'golpe da arara' em dois estados
Criminosos indicam local de 8ª ossada; veja vídeo
Quadrilha envolvida em roubo de veículos é presa
PMA captura jibóia de 1,5 metros em residência
Mais um corpo é localizado em cemitério clandestino
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento