Menu
21 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner CCR-MS Via
'Tribunal do crime'

Preso, grupo que planajava morte de agente

Foram apreendidos revólveres, escopeta e 379 munições

6 Dez2017Elaine Silva - Especial para Diário Digital07h18

Supostamente integrantes de uma facção criminosa, Elington Vicentim Gomes, 34 anos, conhecido como 'Tom', Helinton Josuel Lara de Souza, 32 anos, o 'Gauchinho', Railton Mendes da Silva, 19 anos, Helton Martins, 31 anos e Wanderson Douglas dos Santos, 20 anos , acabaram presos na noite de ontem (05). Segundo a polícia eles tinham a intenção de matar um agente penitenciário. O caso aconteceu na rua Santos Dumont, Jardim Paulista, em Dourados.

A prisão aconteceu após uma ação conjunta entre os policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) e Núcleo Regional de Investigações (NRI), além dos policiais militares da Agência Local de Investigação (ALI).

No local onde estavam foram apreendidos um Fiat Uno com placas de Dourados, revólveres calibre 38 e 357 e munições, quatro relógios, uma escopeta calibre 12 e 22 munições, quatro Iphones e três aparelhos de telefone celular.

Todos acabaram autuados pelo crime de associação criminosa, porte e uso de arma restrita e encaminhados às celas do 1º Distrito Policial.

Ligação -  Apesar das investigações apontarem o grupo ligado à facção, todos negam a participação e após a prisão dos investigados, a polícia ainda trabalha nas investigações para tentar desvendar alguns crimes recentes cometidos na cidade.

A principal suspeita é que pessoas executadas de maneira cruel possam ter sido vítimas de acertos da facção, no chamado tribunal do crime, quando é realizado um 'juri' entre lideranças que decide se a pessoa deve ou não morrer.

(Com informações do site Dourados News)

Veja Também