Menu
23 de setembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Deu ruim

Polícia fecha laboratório de droga no Monte Carlo

Mestrando de universidade pública era quem preparava os entorpecentes

12 Jun2019Thays Schneider - Especial para o Diário Digital11h20

Denúncia anônima leva policias até um laboratório de drogas no Bairro Monte Carlo, jovem de 25 anos identificado como Igor Rodrigues Amorim estudante de mestrado em biologia na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul,  foi preso em flagrante preparando haxixe.

O estudante nega vender os entorpecentes, apenas disse que oferece a amigos, segundo o  delegado Hoffman D'Avila da  Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), durante vistoria na casa do suspeito foi encontrado um Mini laboratório, no local havia maconha que seria utilizada para fazer haxixe, ele iria dissolver a maconha no liquidificador e preparar para vender. Segundo Igor cada grama de haxixe vale entre R$ 10 A R$ 20.

A polícia pediu a quebra de sigilo telefônico de Igor para tentar encontrar o fornecedor dos entorpecentes, ele já estava há mais de quatros anos praticando tráfico de droga na região.

Veja Também