Menu
20 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Encerramento

Polícia encerra inquérito do caso Kauan

Exames de DNA ainda não foram concluídos

15 Set2017Elaine Silva - Especial para Diário Digital12h10

Nesta sexta-feira (15) o inquérito sobre o desaparecimento e morte do menino Kauan Andrade Soares dos Santos, de 9 anos, foi concluído sem encontrar o corpo da vítima.  Segundo o delegado responsável Paulo Sérgio Lauretto, todo o processo será enviado para o Ministério Público, sem a conclusão do exame de DNA, porém, assim que chegar do Estado de São Paulo será anexado.

O acusado Deivid Almeida, de 38 anos, foi interrogado pela última vez na tarde de ontem (14)."Ele nega ter envolvimento, disse que não conhece nenhum dos adolescentes. Em relação ao menino Kauan ele disse que somente o via na rua, mas nem ele e nenhum dos envolvidos jamais entraram na sua casa", afirma o delegado. Lauretto garante que a falta do exame não impede a conclusão do inquérito.

Deivid continua preso e pode responder por estupro de vulnerável seguido de morte e ocultação de cadáver. O delegado ainda entrou com pedido de prisão preventiva por tempo inderterminado. 

Veja Também