Menu
25 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Crime ambiental

PMA autua pecuarista em R$ 40 mil por desmatamento

Autor destruiu 40 hectares de vegetação nativa

30 Mai2017Da redação08h26

Durante fiscalização ambiental em propriedades rurais do município de Inocência ontem (29) à tarde, Policiais Militares Ambientais (PMA) do município de  Aparecida do Taboado localizaram em uma fazenda, uma área de vegetação nativa desmatada ilegalmente. O proprietário não possuía autorização ambiental para a atividade. O desmatamento ocorria para o plantio de pastagem.

Os policiais mediram com uso de GPS a área desmatada ilegalmente, que perfez 40 hectares destruídos. As atividades foram interditadas e o proprietário da fazenda, de 46 anos, residente Três Lagoas, foi autuado administrativamente e recebeu multa administrativa de R$ 40.000,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Veja Também