Menu
12 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Crime ambiental

PMA autua em R$ 13 mil dono de carga ilegal de madeira protegida

Autor responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão

20 Jan2015Da redação14h46

Policiais Militares Ambientais de Dourados (MS) foram acionados hoje por Policiais Militares do Distrito de Itahum, em razão da apreensão de uma carga ilegal de aroeira, que fora conduzida à delegacia de Polícia Civil de Dourados. A madeira dessa espécie protegida por lei era transportada em um veículo Mercedes Benz, sem o Documento de Origem Florestal (DOF), que é o documento para o transporte e armazenamento de qualquer produto vegetal. Foram apreendidos o veículo, e 26 m³ de madeira da espécie aroeira.

A PMA realizou auto de infração administrativo e arbitrou multa de R$ 13.000,00, contra o condutor e proprietário da carga, residente em Ponta Porã. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão.

A portaria 83N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.  

Veja Também