Campo Grande •24 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
ALMS - Gestão para Pessoas

Da redação | Domingo, 20 de Agosto de 2017 - 17h58PMA autua fazendeiros por desmatamento ilegalLevantamentos foram feitos por imagens de satélites

Depois de levantamentos por imagem de satélites, policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Campo Grande realizaram fiscalização em uma propriedade na zona rural do Distrito de Rochedinho, no município e autuaram no sábado (18), um fazendeiro, de 37 anos, por desmatamento de área de vegetação de cerrado sem autorização do órgão ambiental.

O fazendeiro, residente em Campo Grande, desmatou a área há algum tempo e já havia plantado pastagem. As atividades foram interditadas. O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 1,8 mil. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de seis meses a um a ano de detenção.

O infrator foi notificado a apresentar um Prade (Plano de Recuperação de Área Degradada), junto ao órgão ambiental.

Segunda autuação

A PMA está realizando há algum tempo, em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE), uma operação de levantamentos por imagens de satélites de desmatamentos ilegais em todo o Estado. Com as áreas levantadas são cruzados os dados dos licenciamentos e, em seguida, as pessoas que realizaram desmatamentos ilegais são autuadas por equipes da PMA.

Uma equipe de policiais militares ambientais de Campo Grande realizou fiscalização em uma propriedade na zona rural do município e autuou também no sábado (18), um pecuarista de 37 anos, por desmatamento de área de vegetação de cerrado sem autorização do órgão ambiental.

 O fazendeiro, residente em Campo Grande, desmatou em sua propriedade rural, localizada a margem da rodovia BR-163, a área de 3,6 hectares há algum tempo e já havia plantado pastagem. As atividades foram interditadas. O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 1,2 mil. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de seis meses a um a ano de detenção.

 O infrator foi notificado a apresentar um Prada (Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada), junto ao órgão ambiental.

Veja Também
SINAPF diz que agente atirou em legitima defesa
Agentes Penitenciários cruzam os braços por melhores condições de trabalho
Jovem morre depois de ser baleado em camarote
Soldado morre depois de leva tiro na Base Aérea
Idoso invade pista contrária e morre em colisão na BR-163
Rapaz é morto a golpes de facão em Corumbá
Pescador profissional é autuado com 84 kg de pescado ilegal
Jovem é executado com quatro tiros em Dourados
Polícia fecha ‘Disque-droga’ em Itaporã
Acusado de matar guarda municipal em Corumbá é solto
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento