Menu
3 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Assalto

PM desarticula grupo que fez casal refém

Batalhão de Choque e Gecam conseguiram prender envolvidos em menos de uma hora

26 Mar2020Da redação11h32
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)
  • Veículos e demais pertences levado da residência foram recuperados
  • (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
  • (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
  • (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Quatro homens e um adolescente com envolvimento no assalto a uma residência onde casal foi feito refém no bairro Jardim Leblon foram identificados uma hora após o crime. Um integrante do grupo está foragido. As prisões e a recuperação dos bens levados das vítimas foram efetuadas por policiais militares do Gecam e do Batalhão de Choque.

Três criminosos invadiram o imóvel do casal na noite desta quarta-feira (25) depois de arrebentarem a cerca elétrica. Segundo as vítimas, de 61 e 54 anos, eles estavam agressivos, armados com facão e pedaços de pau.  O casal foi amarrado e trancado no banheiro. Do local eles levaram um veículo Hunday/Creta de cor branca, duas televisões, celulares, notebook e vários equipamentos elétricos.

Em rondas na região da vila São Jorge da Lagoa, as equipes do Gecam e do Choque encontraram o veículo das vítimas na esquina da rua Pará com a avenida Gunter Hans.  Dentro do carro estavam dois homens, de 30 e 32 anos. Eles foram presos e confirmaram a participação de um terceiro envolvido diretamente no assalto conhecido como “Neguinho”.

A dupla informou que uma TV e parte dos objetos roubados estavam em uma residência na vila Nhanha.  No local um homem de 60 anos confirmou que escondia uma TV em uma casa abandonada. Também com ele estavam vários outros pertences das vítimas. Em outra casa, no bairro Taquarussu, foram localizados mais objetos do roubo sendo uma  TV 40 polegadas e um aparelho celular. Neste imóvel estava um adolescente de 15 anos, enteado do "Neguinho". Os policiais militares continuaram em diligência e em uma terceira casa, no Bairro Guanandi, estava mais um celular da vítima com um homem de 38 anos.

Todos foram levados para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Cepol onde as vítimas reconheceram dois assaltantes. Acusado que está foragido, "Neguinho" é procurado pela polícia e, segundo o casal, era o que agia de forma mais agressiva durante a invasão à residência.  Os envolvidos serão indiciados pelos crimes de roubo seguido de cárcere, receptação e resistência.

Veja Também

Polícia elucida morte de mulher baleada no lugar do marido
Mulher é morta pelo ex-marido com tiro no rosto
Felipe Prior é acusado de estupro por três mulheres
Polícia investiga duas tentativas de homicídio no mesmo dia nas Moreninhas
Motociclista morre ao cair em barranco na margem de rodovia
Homem invade apartamento e é detido por policial
Avô é preso em flagrante por estuprar neta de 6 anos
Polícia identifica chefe de organização que escavou túnel para furtar banco
'Disciplina' de facção é preso com drogas
Novo cenário na antiga rodoviária