Menu
10 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Fronteira

PF fecha estrada clandestina na fronteira com a Bolívia

"Cabriteiras" são usadas pelos criminosos para driblar a fiscalização na área de fronteira seca

25 Mar2020Da redação14h42

Militares da Força Nacional e agentes da Polícia Federal  identificaram e fecharam na manhã de terça-feira (24)  uma trilha clandestina na fronteira entre o Brasil e a Bolívia na divisa em Corumbá (MS), depois de vistoria feita por policiais da Operação Hórus. A rota clandestina, além de ser usada por criminosos, com as fronteiras fechadas,  permitia que pessoas fizessem a travessia a pé, para ir de um país a outro.

Para fechar a passagem foi preciso abrir uma vala no local, com uso de retroescavadeira e apoio da Secretaria de Segurança da Prefeitura de Corumbá.  As estradas clandestinas na faixa de fronteira  são chamadas de "cabriteiras".

 Porém, os países têm adotados medidas e realizado a barreira sanitária instalada pelas equipes que atuam no combate aos crimes de fronteira, como contrabando, descaminho, roubo de veículos e tráfico de drogas e armas.

Do lado brasileiro da fronteira, no Posto Esdras, há fiscalização do Exército, Força Nacional de Segurança e Polícia Federal no controle de migração, conforme determinou o Governo Federal, medida de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.  Já no lado boliviano, a fronteira está fechada e controlada por militares do país vizinho. Apenas caminhões de cargas podem trafegar de um lado para outro

 

Veja Também

Polícia descobre esquema de fraude em instalação de rede de esgoto
Filho mata mãe a golpes de facão na Capital
Pecuarista perde R$ 123,7 mil em golpe de compra de gado
“Morte foi planejada pela internet”, diz polícia sobre homicídio de professor
Polícia apreende terceiro adolescente envolvido em assassinato de professor
Bandidos usam criança como escudo
Veículo roubado no RS é recuperado com 150 quilos de maconha
Dupla é presa tentando jogar maconha e celular para dentro do presídio
Idoso armado é preso desrespeitando toque de recolher
Casal é preso após furtar oito bicicletas de loja no centro