Campo Grande •24 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital | Segunda, 20 de Março de 2017 - 14h10Perícia constata que mulher desovada não estava grávidaLaudo também confirmou que a causa mais provável da morte seria por asfixia

(Foto: Maikon Leal)

Após exame necroscópico realizado na manhã desta segunda-feira (20), no Instituto Médico Legal (IML) de Coxim, onde foi constatado que Cristiane Silva Gonçalves, de 37 anos, não estava grávida.

Laudo também concluiu que a vítima apresentava um hematoma na parte da trás da cabeça, e no lábio superior provocado possivelmente por socos e que a causa mais provável de sua morte seria por asfixia.

Cristiane foi encontrada morta na por volta de 00h30min, desta segunda-feira, pela Polícia Militar (PM) na Estrada Velha, no bairro Nova Coxim, em Coxim.

De acordo com o Coxim Agora, a Polícia está investigando o casão e já tem um suspeito, e realiza diligências na tentativa de localizá-lo para esclarecer o crime.

Caso

No inicio da madrugada desta segunda-feira (20), a polícia recebeu uma ligação de uma testemunha informando que havia uma mulher caída na beira da estrada. No local os policiais constataram que a vítima estava em óbito.

A vítima vestia estava vestida com um short e uma blusa, e não estava com as roupas íntimas, além disso, apresentava lesões na região do pescoço, lábio superior e afundamento de crânio. Peritos do Núcleo Regional de Perícias de Coxim verificaram também que Cristiane estava com o short entre aberto.

Uma equipe de investigadores da Polícia Civil, juntamente com a delegada da Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM) Sandra Regina Simão de Brito que é responsável pelo caso, estiveram no local colhendo informações. A polícia acredita que após ser agredida, a vítima foi desovada no local.

A polícia trabalha com duas linhas de investigação, a primeira é que Cristiane pode ter sido vítima de feminicídio, quando o autor comete homicídio simplesmente porque a vítima é mulher ou também por outros motivos, o que pode qualificar o autor pelo crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Veja Também
Equipe da Polícia Militar captura dois foragidos da Justiça
Briga termina com um morto e outro ferido na Capital
Assassino preso está online, denuncia irmã de Mayara
'Agiram de forma cruel’, dizem advogados de acusação
Homem sequestrado na zona rural foi pego por engano
Estelionatários agiam em bairros e Centro da Capital
Identificadas vítimas de acidente fatal na MS-386
Estudante que atirou em Goiânia aguarda transferência
Começa hoje o combate ao aedes aegypti
Ciclista de 38 anos morre depois de ser atropelado por caminhão
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento