Campo Grande •29 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Laureano Secundo | Quinta, 9 de Fevereiro de 2017 - 08h50Gaeco investiga Câmara de IguatemiFraudes estariam atingindo inclusive a folha de pagamento dos servidores

Equipe do Gaeco chegou cedo ao prédio da Cãmara de Iguatemi
Equipe do Gaeco chegou cedo ao prédio da Cãmara de Iguatemi (Foto: Divulgação MPE)

Peculato e falsidade ideológica estão entre os crimes apurados pelo Ministério Público na Operação Ponto Certo deflagrada hoje Iguatemi depois de investigações da promotoria daquele município. Já nas primeiras horas da manhã equipes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) chegaram em Iguatemi, para cumprir mandados de busca e apreensão na Câmara de Vereadores.

A ação do Gaeco também tem como finalidade apurar fraude na folha de pagamento de servidores fantasmas, que recebiam sem trabalhar. Ainda não foi divulgado se algum vereador da cidade é alvo de mandado expedido pela Justiça. 

Veja Também
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento