Menu
5 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Alvo

Operação em Rio Brilhante prende quatro pessoas

Polícia investiga suposto esquema de fraudes em processos licitatórios na prefeitura

12 Jun2019Byanca Santos - Especial para o Diário Digital15h33

A Polícia Civil terminou na manhã desta quarta-feira, 12 de junho,  uma operação que investigava um suposto esquema de fraudes em processos licitatórios na prefeitura de Rio Brilhante.

Com o cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão e com quatro prisões, o empresário Ademir Belarmino da Silva, foi preso em Dourados. Ele é proprietário de uma empresa de móveis e de agência de turismo.

Seis mandados de busca e apreensão também ocorreram em Dourados, mas as outras determinações judiciais foram realizadas em Rio Brilhante.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados, porém, segundo apurado pelo Dourados News, dois deles trabalham na prefeitura e entre eles um secretário e o outro alvo de mandado de prisão seria o dono de uma auto elétrica. 

Depois de deflagrada a operação, o prefeito de Rio Brilhante, Donato Lopes da Silva (PSDB), emitiu nota afirmando estar à disposição para esclarecimento dos fatos.  

(Com informações do Dourados News)

Veja Também

Choque encontra droga enterrada no quintal de residência
Irmãos indígenas são presos por assassinato durante bebedeira
Ação conjunta apreende uma tonelada de droga a caminho de SP e RJ
Bar funcionava como fachada para comércio de drogas
PM que matou professora em acidente nega que estava bêbado
PRF apreende 7.500 maços de cigarros e celulares sem documentação
Polícia Civil apura cobranças feitas para agendamentos de RG
PRF e Receita apreendem mercadorias em hotel de Dourados
Polícia Federal apura suposta fraude em compra de máscaras pela PRF
Polícia Civil prende quarto envolvido na morte do professor