Menu
2 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Toque de recolher

Número de roubos diminui 70% durante toque de recolher na Capital

Análise criminal da Guarda Civil Metropolitana mostrou queda em todo os índices de criminalidade após decreto de quarentena

30 Mar2020Da redação16h19

O levantamento foi feito pela Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social de Campo Grande e comparou as ocorrências atendidas pela Guarda Civil Metropolitana (GCM), no período de 20 a 29 de março, quando entrou em vigência o toque de recolher, aos dez dias que antecederam o decreto. E o resultado foi uma queda nos índices de criminalidade, incluindo, os furtos e roubos.

Segundo a análise criminal comparativa, nos últimos dez dias, houve uma diminuição de 70,5% no número de ocorrências de roubo atendidas guarda, na Capital.  No período de 10 a 19 de março foram 122 casos. Após o toque de recolher e a fiscalização intensa nas ruas, este número caiu para 36 registros.

Sobre os furtos, na primeira quinzena do mês de março, foram 384 ocorrências. Conforme o comparativo, uma queda de 47,9% nos últimos dez dias, com 200 flagrantes.

Especificamente na região central da cidade, onde o comércio está fechado e quase não há movimento, os números impressionam. Os furtos passaram de 112 para 55 registros, o que sinaliza uma queda de 50,9%. Em uma proporção maior, as ocorrências de roubo também diminuíram em 91,7%.

Após o decreto n. 14.211, de 21 de março de 2020, em que o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, determinou toque de recolher das 22 horas às 5 horas da manhã, até o dia 5 de abril de 2020, para prevenção à proliferação do coronavírus, quase 200 viaturas da GCM foram utilizadas nos últimos dez dias para fiscalização em todas as regiões da cidade, com o objetivo de fechar estabelecimentos que estiverem com aglomerados de pessoas.

Ao todo, foram 324 estabelecimentos fiscalizados e quatro notificados pelo descumprimento do decreto. 681 pessoas foram abordadas, sendo que seis acabaram presas em flagrante e uma foi encaminhada a delegacia.

 

 

Veja Também

Mae é suspeita de estuprar filha de 6 anos
Barulho de rádio-comunicador entrega traficante durante abordagem da PRF
Delegado acusado de furtar cocaína volta para prisão
Suspeito de matar idoso é preso dois anos após o crime
Polícia Civil reconstitui duplo homicídio
Homem tenta matar esposa em Costa Rica
Junho começa com redução de flagrantes
Caminhão pega fogo na MS-276
Mapa mostra que 77% dos feminicídios acontecem dentro de casa
Homem morre em troca de tiros com o Bope