Menu
7 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Belém

Mulher tem filho na calçada após ter atendimento negado

Só depois do parto improvisado é que os dois foram levados para dentro do hospital

19 Nov2019R7.com09h20

Uma mulher em trabalho de parto teve o bebê no meio da rua após ter o atendimento negado em um hospital de Belém, no Pará. Tudo aconteceu na esquina do local, a menos de 50 metros da entrada. A mulher grávida e sua mãe buscavam outra maternidade quando a criança nasceu na calçada.

Só depois do parto improvisado é que os dois foram levados para dentro da unidade hospitalar. Apesar do susto, mãe e filho passam bem. De acordo com o último boletim médico, eles estão internados em observação e devem receber alta ainda nesta terça-feira (19). 

A maternidade é particular, mas tem convênio com o município há mais de 20 anos. O secretário de saúde de Belém, Sérgio Amorim, disse que vai cobrar explicações. "Nós temos um contrato de prestação de serviços e dentro deste contrato estão previstas as punições caso ocorra alguma negligência do hospital", afirma.

O Ministério Público também vai investigar o caso. A promotora Fábia Melo Furnier diz que a maternidade é "portas abertas" e tem o dever de aceitar a entrada de uma mulher em trabalho de parto. O hospital vai abrir uma sindicância para apurar o que aconteceu. 

Veja Também

Homem em liberdade condicional é preso com droga em Patronato Penitenciário
Assaltante de mercado é preso pelo BPChoque
Homicídio Genro mata sogro a facada na Capital Vítima morreu na frente da esposa, filha e netos
Jamil Name deve voltar para o sistema penal de MS
Assaltante morre ao trocar tiros com policial militar
Adolescente suspeito de latrocínio é apreendido pela segunda vez
Maconha é apreendida em tanque de óleo vegetal
Após ser liberado por falta de vaga, acusado de matar taxista é levado à Unei
Fim de ano terá 3500 policiais nas ruas
Acusado de matar e esquartejar adolescente se apresenta e nega crime