Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Polícia

Mulher que se identificou como PRF é comerciante

Após disparos de arma de fogo contra marido, jovem mente para polícia

9 Jan2017Da redação12h00

Jovem de 22 anos, que disparou arma contra marido, no bairro Universitário, na noite de ontem (08), mentiu para a polícia dizendo ser da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ela contou com a ajuda de um homem de 31 anos e outro que não foi identificado.

Segundo informações policiais, o homem de 31 anos teria entregue uma arma para a comerciante, que disparou contra o marido, após o disparo ele teria retirado a arma dela e entregado ao marido, que efetuou um disparo contra o veículo da autora.  

O coautor retirou a arma do marido e entregou para uma terceira pessoa não identificada, onde ela entrou no carro da autora e fugiu. A mulher e o homem foram presos, enquanto estavam em um Uber, durante a prisão eles estavam irritados com a polícia e a autora falava que era da PRF e não se importava de ser presa, pois tinha seus contatos e logo sairia.  

Veja Também