Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Morte a esclarecer

Mulher é encontrada morta pelo filho na Capital

Na noite anterior, vítima havia discutido com o namorado e foi agredida por ele

11 Jul2017Mariel Coelho, especial para o Diário Digital17h48

Uma mulher de 38 anos foi encontrada morta pelo filho nesta terça-feira, 11 de julho, dentro da casa onde morava na Rua Feliciana Carolina, no Bairro Cabreúva, em Campo Grande. Conforme informações da família, a vítima sofria de depressão e, na noite anterior, discutiu com namorado e foi agredida por ele.

Conforme o boletim de ocorrências, o corpo de Claudineia de Lima foi encontrado pelo filho Victor Hugo. Ele contou aos policiais que a mãe sofria de depressão e que na noite anterior havia ingerido três comprimidos de Quetros (medicamento utilizado no tratamento de depressão) e algumas gotas de Clonazepam (que é um anticonvulsivante).

Já a nora de Claudineia relatou aos policiais que a sogra tinha feito um boletim de ocorrência contra namorado. “Ontem ela foi até a casa dele, buscar alguns móveis dela que estavam lá.” A nora da vítima contou também que ela havia discutido o namorado e que ele a agrediu. “Ela dizia sentir muita dor, principalmente na cabeça”, relembrou.

O local foi periciado. Uma das peritas, inclusive, relatou não haver indicativos de que a vítima tenha ingerido grandes quantidades de medicamentos, pois a maioria estava lacrada.

Conforme testemunhas, Claudineia tinha comportamento normal na data anterior à morte, apesar da violência doméstica. Ela não demonstrava intenções suicidas. A mulher também teria realizado normalmente suas atividades domésticas.

O namorado de Claudineia não compareceu ao local do óbito. A equipe de investigação tentou contato telefônico com o rapaz, mas sem êxito. Os policiais apreenderam celular da vítima que contém áudios do namorado.

O caso foi registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Polícia Civil do Centro de Campo Grande.

Veja Também