Menu
26 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Sonora

Menina encontrada morta pode ter sido estuprada pelo padrasto

No IML foi realizado o exame necroscópico constatando vestígios de violência sexual no corpo

2 Ago2019Da redação14h32

Homem de 63 anos foi preso por suspeita de estuprar e matar asfixiada a enteada de 7 anos que foi encontrada morta ao lado da mãe na manhã de ontem em Sonora.

Conforme o site Idest, por volta das 11h, o pai da menina ligou várias vezes para a casa da ex-mulher para falar com filha. Depois de outra tentativa, o telefone foi atendido pelo padrasto dizendo que a mulher e a menina estavam dormindo.

Desconfiado, o pai resolveu ir até ao local e quando chegou encontrou a criança morta e a mulher desacordada ao lado do corpo.

A ambulância foi acionada e levou Carla para o Hospital Municipal Rachid Saldanha Derzi. Ao ser questionado, o suspeito disse que a esposa tinha dado altas doses de remédios para a criança e se dopado em seguida.

O corpo da criança foi levado para o Instituto Médico Legal (Iml) de Coxim e durante exame necroscópico foi constatado que a vítima foi morta por asfixia e havia vestígios de violência sexual antes e depois da morte.

O padrasto foi preso e levado à delegacia e deve responder por homicídio duplamente qualificado e se for constatado, por estupro de vulnerável. A mãe já recebeu alta e nesta manhã prestou depoimento à polícia e disse que misturou cerveja com remédios, apagou e não viu nada. 

(Com informações do Dourados News)

Veja Também