Menu
26 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Sistema Penal

Mais um preso é encontrado morto por enforcamento

Interno da Máxima cumpria pena por tráfico de drogas, roubo e uso de moeda falsa

13 Jan2017Valdelice Bonifácio19h30
(Foto: Cleto Kipper/TV MS Record)
  • (Foto: Cleto Kipper/TV MS Record)
  • (Foto: Cleto Kipper/TV MS Record)

Mais um detento foi encontrado morto no sistema penal de Mato Grosso do Sul em pouco mais de 24 horas. Na tarde desta sexta-feira, 13 de janeiro, o interno Júnior César Franco Prieto, 41 anos, foi achado enforcado no Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, o presídio de Segurança Máxima da Capital, no Jardim Noroeste.

Na tarde de ontem, um preso havia sido encontrado morto também por enforcamento no presídio de Naviraí, em situação bem parecida ao de hoje. Ele seria ligado à facção criminosa PCC.

O corpo de Júnior César foi localizado pelos agentes penitenciários, por volta das 16 horas, após o encerramento do banho de sol, no saguão superior do pavilhão 2, galeria A. O interno estava enforcado com cordas artesanais presas às grades.

Júnior César estava preso na Máxima da Capital desde 1º de abril de 2015, já tendo diversas passagens anteriores pelo presídio e por outras unidades prisionais do Estado. Estava condenado a uma pena de 28 anos e cinco meses, pelos crimes de tráfico de entorpecentes, roubo majorado e uso de moeda falsa.

O local foi isolado e a perícia técnica da Coordenadoria Geral de Perícias foi chamada para os levantamentos necessários e coleta de provas. O caso será investigado pela Polícia Civil.

(Com informações da TV MS Record)

Veja Também