Menu
23 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Lava Jato

PF prende Wesley Baptista

Sócio e presidente da JBS já está na carceragem da Polícia Federal

13 Set2017Da redação07h27

Wesley Batista, sócio e presidente global da JBS, , foi preso preventivamente na manhã de hoje em São Paulo. O pedido foi expedido pela 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo. Também há um novo pedido de prisão preventiva contra Joesley, que está detido desde terça (12) em Brasília. Ele deverá permanecer na carceragem da Polícia Federal na capital até sexta (15), caso sua prisão temporária não seja prorrogada.

Se não houver pedido de prorrogação de temporária ou reversão para preventiva da prisão de Joesley no DF, o empresário deve ser transferido para São Paulo, onde cumprirá esse segundo mandado de prisão. "É absurda e lamentável a prisão e o inquérito aberto há vários meses em que investigados se apresentaram para dar explicações. Mais vez o Estado brasileiro é desleal com quem colabora com a Justiça", diz o advogado de Wesley, Pierpaolo Bottini.

Joesley se entregou no domingo (10), após o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, determinar seu pedido de prisão e suspender os benefícios de seu acordo de delação premiada.

 

Veja Também