Campo Grande •30 de Maio de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital | Segunda, 20 de Março de 2017 - 18h00Fornecedor de drogas é preso após resistênciaJovem de 20 anos distribuía entorpecentes na região do Nova Campo Grande

  
Pablo Renan Arcoverde Santos Chagas é acusado de fornecer drogas para pequenas bocas de fumo na região do Nova Campo Grande (Foto: Marco Miatelo)
  • Pablo Renan Arcoverde Santos Chagas é acusado de fornecer drogas para pequenas bocas de fumo na região do Nova Campo Grande
  • Delegado titular da Denar, Rodrigo Guiraldelli Yassaka (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

A Polícia Civil através da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) apresentou nesta segunda-feira, dia 20 de março, Pablo Renan Arcoverde Santos Chagas de 20 anos, que é acusado de fornecer drogas para pequenas bocas de fumo na região do Nova Campo Grande. Também foram presos Edvaldo Santos Chagas de Jr. de 18 anos irmão do acusado, e a esposa de Pablo Débora Evelyn Gonçalves Alves de 22 anos, que já está em liberdade. Ela está grávida de 7 messes.  

De acordo com o Delegado titular da Denar, Rodrigo Guiraldelli Yassaka, a prisão de Pablo ocorreu após Ian de Araujo, 19 anos, ser preso no dia 27 de janeiro e confessar que seu fornecedor era Pablo. “Ele nos forneceu um endereço, e ao chegarmos ao local Pablo já havia fugido. No local encontramos algumas porções de pasta base e maconha, além de apetrechos usados no preparo da droga”, conta o delegado.

Pablo chegou a se apresentar na delegacia com seu advogado, contando que morava no local, mas que negou ser fornecedor de drogas de Ian. A prisão preventiva de Pablo foi decretada na quinta-feira (16).

Na sexta-feira (17) com o mandado de prisão nas mãos, os policiais se deslocaram até os endereços fornecidos pelo acusado, mas não o encontraram. Testemunhas informaram o endereço onde o mesmo se encontrava.

A polícia se deslocou até o endereço fornecido na Rua Trinca e quatro, no Nova Campo Grande, onde Pablo a esposa e seu irmão estavam fumando um cigarro de maconha.

Na residência foram apreendidos 13,4 g de maconha e uma balança de precisão. No quarto do casal, foram encontrados em cima de uma penteadeira 39 papelotes de pasta base prontos para a venda e 12 para serem preparados, somando 100 g de pasta base.

Ao ser dada voz de prisão para a esposa e para o irmão, Pablo se irritou e partiu para cima dos policiais, que precisaram usar força física para contê-lo. Pablo é conhecido na região por seu temperamento violento, e já teria ameaçado outras pessoas com uma arma. Ele foi preso por resistência e tráfico de drogas. Já Débora e Edvaldo foram presos apenas por tráfico de drogas.

Veja Também
Dupla é presa por pesca predatória, porte de arma e munições
Avião é encontrado abandonado em milharal em MS
Nove do PCC vão a júri por homicídio em presídio de Três Lagoas
Cheia no Pantanal atingirá 4,5 metros no meio do ano
Caminhão desgovernado invade residência
Polícia Militar prende autor de furto em residência em Ladário
Segunda, 29 de Maio de 2017 - 09h18Homem invade pista e bate em carreta Com o impacto o corpo da vítima foi arremessado para fora do veículo
Neblina é possível causa morte de motociclista
Vítima reage e persegue assaltantes
Cenipa investiga acidente com ex-candidato
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento