Campo Grande •27 de Julho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner - Rota das estações

Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital | Segunda, 20 de Março de 2017 - 18h00Fornecedor de drogas é preso após resistênciaJovem de 20 anos distribuía entorpecentes na região do Nova Campo Grande

  
Pablo Renan Arcoverde Santos Chagas é acusado de fornecer drogas para pequenas bocas de fumo na região do Nova Campo Grande (Foto: Marco Miatelo)
  • Pablo Renan Arcoverde Santos Chagas é acusado de fornecer drogas para pequenas bocas de fumo na região do Nova Campo Grande
  • Delegado titular da Denar, Rodrigo Guiraldelli Yassaka (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

A Polícia Civil através da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) apresentou nesta segunda-feira, dia 20 de março, Pablo Renan Arcoverde Santos Chagas de 20 anos, que é acusado de fornecer drogas para pequenas bocas de fumo na região do Nova Campo Grande. Também foram presos Edvaldo Santos Chagas de Jr. de 18 anos irmão do acusado, e a esposa de Pablo Débora Evelyn Gonçalves Alves de 22 anos, que já está em liberdade. Ela está grávida de 7 messes.  

De acordo com o Delegado titular da Denar, Rodrigo Guiraldelli Yassaka, a prisão de Pablo ocorreu após Ian de Araujo, 19 anos, ser preso no dia 27 de janeiro e confessar que seu fornecedor era Pablo. “Ele nos forneceu um endereço, e ao chegarmos ao local Pablo já havia fugido. No local encontramos algumas porções de pasta base e maconha, além de apetrechos usados no preparo da droga”, conta o delegado.

Pablo chegou a se apresentar na delegacia com seu advogado, contando que morava no local, mas que negou ser fornecedor de drogas de Ian. A prisão preventiva de Pablo foi decretada na quinta-feira (16).

Na sexta-feira (17) com o mandado de prisão nas mãos, os policiais se deslocaram até os endereços fornecidos pelo acusado, mas não o encontraram. Testemunhas informaram o endereço onde o mesmo se encontrava.

A polícia se deslocou até o endereço fornecido na Rua Trinca e quatro, no Nova Campo Grande, onde Pablo a esposa e seu irmão estavam fumando um cigarro de maconha.

Na residência foram apreendidos 13,4 g de maconha e uma balança de precisão. No quarto do casal, foram encontrados em cima de uma penteadeira 39 papelotes de pasta base prontos para a venda e 12 para serem preparados, somando 100 g de pasta base.

Ao ser dada voz de prisão para a esposa e para o irmão, Pablo se irritou e partiu para cima dos policiais, que precisaram usar força física para contê-lo. Pablo é conhecido na região por seu temperamento violento, e já teria ameaçado outras pessoas com uma arma. Ele foi preso por resistência e tráfico de drogas. Já Débora e Edvaldo foram presos apenas por tráfico de drogas.

Veja Também
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento