Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Garras

Investigação sobre resgate de preso encontra drogas e veículos roubados

Dupla foi flagrada com 800 quilos de maconha em rodovia na Capital

23 Set2016Valdelice Bonifácio18h00
Delegado titular do Garras, Edilson dos Santos, acredita que crimes estejam interligados (Foto: Roberto Okamura)
  • Ismael Joaquim da Silva e Eder Marques Benites foram apresentados pelo Garras
  • Delegado titular do Garras, Edilson dos Santos, acredita que crimes estejam interligados (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)

Ao investigar o resgate de um preso de dentro do Hospital do Pênfigo, em Campo Grande, policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros (Garras) prenderam duas pessoas por tráfico de drogas e com elas apreenderam 800 quilos de maconha.  A droga estava em um veículo Ford Ecosport roubado em Brasília (DF) que está apreendido.

Durante a operação, outros três veículos com registro de roubo em Campo Grande, Belo Horizonte (MG) e Itu (SP) também foram apreendidos e estão recolhidos na delegacia. Os dois presos por tráfico de drogas Ismael Joaquim da Silva e Eder Marques Benites foram apresentados à imprensa pela polícia. Ismael ficou em silêncio. Já Eder admitiu o crime de tráfico de drogas. Contudo, ele negou qualquer ligação com o resgate do preso, o que a polícia ainda está investigando.

“A gente tava precisando e aí foi isso”, respondeu Eder sobre o tráfico. Já em relação ao resgate: “Que resgate? Não tem nada disso. Não tenho nada a ver”, garantiu.

O carro cheio de drogas foi localizado na BR-060 entre Sidrolândia e Campo Grande. Ismael e Eder estavam no veículo e foram presos em flagrante.

O delegado titular do Garras, contudo, acredita que os crimes estejam interligados. As investigações seguem em andamento.

Veja Também