Campo Grande •17 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner SEGOV - Governo Presente 3 DETRAN/DESAFINADOS

Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital. | Sábado, 10 de Junho de 2017 - 09h00Idoso morre de dengue hemorrágica em Campo GrandeFamília pede explicação dizendo que a vítima havia sido picado por um inseto

(Foto: Luciano Muta)

Gilberto José Rubert, de 73 anos, morreu na noite desta sexta-feira (9), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vila Almeida, dengue hemorrágica. Vítima dizia que tinha sido picada por um inseto. 

De acordo com o boletim de ocorrências, a filha do idoso disse a policia que eles morram no município de Sidrolândia/MS, e que se pai estaria no município de Aquidauana/MS, quando teria sido picado por um inseto no pé direito da perto de um pé de banana, e que seu filho que estava com ele não sou dizer que tipo de bicho teria picado seu avô.

A vítima começou a ter e febre e seu pé inchou sendo preciso interna-lo no hospital de Sidrolândia para saber o que estaria acontecendo, Gilberto ficou em observação por um dia o médico disse à vítima que possivelmente ele teria a perna em algum lugar e por isso estava com dores e o pé inchado.

A filha de Gilberto conta que a partir daí seu pai começou a se queixar de dores no pé, sendo preciso retornar ao hospital de Sidrolândia, onde foi coletado sangue para teste de dengue, a vítima começou a ser tratada com dipirona, onde seu quadro de saúde piorou, na terça-feira dia 06, ele começou a apresentar manchas abdominais.

E na sexta-feira (10) a quadro de saúde de Gilberto piorou, e sua filha achou melhor trazê-lo para Campo Grande, onde ele foi atendido no posto de saúde do Vila Almeida e encaminhado por um cardiologista, apresentando quadro de arritmia cardíaca, quando ás 19 horas ele veio a óbito.

A família foi informada de que Gilberto José estava com dengue hemorrágica e que ele havia sofrido uma forte hemorragia interna.

Familiares estranharam o diagnostico alegando que o idoso não tinha doença cardíaca ou qualquer outra doença que fosse necessário o uso de medicamento, alegando a vítima apesar da idade tinha uma boa saúde.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do bairro Piratininga como morte a esclarecer.

Veja Também
Homem é pego em flagrante transportando maconha
Polícia Militar prende foragido com carro roubado
Homem mantinha aves ilegalmente em cativeiro
Motorista abandona veiculo após causar acidente
Acidente na Avenida Gury Marques deixa dois feridos
Jovem é baleado em conveniência na Capital
Fazendeiro é multado por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
Homem é morto após trocar tiros com a polícia e tentar fugir
Fazendeiro é autuado em R$ 7,5 mil por armazenamento ilegal de madeira
Homem é preso após “preparar” carro com droga
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento