Campo Grande •23 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner ÁGUAS GUARIROBA - Aniversário de Campo Grande

Valdelice Bonifácio | Domingo, 11 de Setembro de 2016 - 17h28Identificado homem morto após tortura na CapitalIvanildo Albertoni da Costa, de 34 anos, e teve 90% do corpo queimado

(Foto: Leandro Abreu/MS Record)

Foi identificado como Ivanildo Albertoni da Costa, de 34 anos, o homem encontrado com 90% do corpo queimado e sinais de tortura na Rua Martin de Sá, no Jardim Noroeste, saída para Três Lagoas, em Campo Grande, na manhã deste domingo, 11 de setembro.

Conforme o Boletim de Ocorrências, a vítima foi encontrada no local totalmente nua e com os pés amarrados com fios de cobre encapado. O pescoço também estava amarrado com um pano, possivelmente a própria camisa da vítima. 

Ivanildo estava falando com dificuldades e citou à Polícia Militar o nome de Vagner Albertoni, que já foi identificado como sendo irmão da vítima e intimado para prestar depoimento na delegacia. 

Ainda conforme Ivanildo, os autores teriam levado o seu veículo. Ele não soube precisar a placa e nem o modelo. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas faleceu a caminho do hospital.

No local do crime, a pericia técnica recolheu pertences da vítima, roupas rasgadas, um cinto com marcas de sangue na parte interna da fivela, uma bituca de cigarro e um pedaço de papel queimado aparentando ser de um processo. Ao lado do número, havia o nome “Tathian”. 

O caso foi registrado da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro de Campo Grande como homicídio qualificado com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura e outros meios.

Veja Também
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento