Menu
2 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Homicídio

Homem que matou namorado de ex a facadas é preso

Suspeito estava foragido desde terça-feira passada quando invadiu casa da ex-companheira e matou a vítima

27 Mar2020Da redação16h00

Foi preso nesta sexta-feira (27), pela Delegacia de Atendimento à Mulher de Ponta Porã (MS), um homem que na última terça-feira (24), invadiu a residência de sua ex-companheira no assentamento Itamaraty, em Sanga Puitã e matou a facadas o namorado dela. O acusado inda desferiu algumas facadas na mulher e fugiu, se desfazendo da arma do crime no caminho.

Quando os policiais militares chegaram ao local, amigos relataram que o casal  foi socorrido e encaminhado ao Posto de Saúde para os primeiros socorros. A mulher reclamava de dores nos braços e pernas. Devido à gravidade dos ferimentos, ambos foram encaminhados ao Hospital Regional de Ponta Porã. Como o estado de saúde do homem era grave, ele precisou ser transferido para Santa Casa de Campo Grande, mas conforme informações do hospital, morreu na quarta-feira, às 18h33min, no centro cirúrgico, após sofrer duas paradas cardíacas.

Após a morte, a Delegada de Polícia Marianne Cristine de Souza, titular da DAM/PP, representou ao Juiz da 1ª Vara Criminal pela prisão preventiva do autor, cujo mandado de prisão foi cumprido hoje (27).

O autor já havia sido preso em flagrante 3 vezes desde 2018 por violência doméstica e familiar contra a mulher.  A última prisão no início de fevereiro de 2020.

Formalmente interrogado, o autor confessou o crime e disse ainda ter ciência das medidas protetivas que o impediam de se aproximar e de manter contato com sua ex-companheira.

Veja Também

Mae é suspeita de estuprar filha de 6 anos
Barulho de rádio-comunicador entrega traficante durante abordagem da PRF
Delegado acusado de furtar cocaína volta para prisão
Suspeito de matar idoso é preso dois anos após o crime
Polícia Civil reconstitui duplo homicídio
Homem tenta matar esposa em Costa Rica
Junho começa com redução de flagrantes
Caminhão pega fogo na MS-276
Mapa mostra que 77% dos feminicídios acontecem dentro de casa
Homem morre em troca de tiros com o Bope