Menu
13 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Fronteira

Homem pode ter sido morto por engano em Ponta Porã

Vítima teve a casa invadida por pistoleiros e foi executada a tiros na frente do filho

15 Out2019Da redação15h30

A vítima foi identificada como Aldo Vera Cabrera, de 31 anos. Na tarde de terça-feira (15) ele foi morto a tiros dentro da própria casa na rua Corumbá , bairro Cohab em Ponta Porã. Os dois  pistoleiros chegaram ao local de moto e após invadir a residência efetuaram  vários disparos de pistola  calibre 9mm contra a vítima. O rapaz morreu antes mesmo de receber atendimento médico.

O caso está sendo apurado pela 2ª delegacia de Polícia Civil com o delegado Patrick Linares. Informações preliminares indicam que os pistoleiros teriam se enganado de vítima e executado o trabalhador na frente do filho. Essa hipótese é reforçada pelas palavras dos pistoleiros que, segundo os familiares, teriam dito antes da fuga a frase: “não é ele, erramos”. Em seguida eles fugiram de moto.

Existe ainda a informação de que os pistoleiros procuravam o ex-proprietário da residência, já que a vítima teria comprado há casa a poucos meses, segundo relatos de vizinhos. A polícia não descarta nenhuma hipótese. Os investigadores  apreenderam imagens de câmeras de segurança instaladas nas proximidades que serão analisadas. 

 

(Com informações: Porã News)

Veja Também