Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Corumbá

Homem foge de semiaberto, rouba celular, e tenta estuprar jovem

Acusado confessou também que ateou fogo no carro do diretor do presídio

11 Set2017Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital.19h00

Um preso de 33 anos, que não teve o nome divulgado, pulou o muro do estabelecimento penal do semiaberto de Corumbá, roubou celular e tentou estuprar uma jovem de 19 anos. O fato aconteceu no sábado (9), mas só foi divulgado nesta segunda-feira, dia 11.

Segundo o Diário Corumbaense, os policiais foram acionados para atender ocorrência de disparo de arma de fogo, chegando ao local encontrou um homem tentando encontrar um ladrão que havia acabado de roubar o celular da sogra dele.

Em rondas, a equipe e foi informada que o indivíduo poderia se tratar de um foragido do semiaberto, quando foram abordados por uma jovem de 19 anos, que estava assustada e dizia que um indivíduo entrou em sua casa e pegou seu filho de apenas 1 ano.

Ela ainda disse que ele teria tentado manter relação sexual com ela. Assustada, ela disse que era casada e que tinha acabado de passar por uma cirurgia, para tentar despistar o autor. Ele então mandou que ela saísse e ver se haviam policiais, neste momento que ela fez contato com a guarnição.

A polícia foi até a residência e conseguiu prender o suspeito. Ele confessou os crimes, inclusive contou que havia sido o responsável por atear fogo no carro do diretor do presídio Domingos Sávio de Arruda no mês passado. No momento da prisão, não foi encontrado arma com o ladrão.

Veja Também