Menu
20 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Campo Grande

Homem é preso após tentar matar irmão esfaqueado

Antes de esfaquear o irmão mais novo no pescoço, o suspeito ainda teria jogado água quente na vítima

4 Dez2019Da Redação17h42

Uma briga entre irmãos, na noite de terça-feira (3), no Bairro Jardim Panorama, em Campo Grande, terminou com a prisão de Rivera Carneiro de Souza, de 39 anos, por uma equipe do GOI (Grupo de Operações Investigações). Ele é acusado de tentar matar o irmão mais novo, de 34 anos, com uma facada no pescoço.

Ao chegarem ao local, os policiais encontraram a vítima ferida e ela relatou que  seu irmão havia lhe jogado água quente durante uma discussão. O suspeito se trancou no quarto alegando que estava machucado e que teria sido agredido com uma enxada pelo irmão.

Porém, o sobrinho da vítima, filho do irmão mais velho, disse à polícia que ao chegar em casa viu seu pai e seu tio brigando, momento que seu pai teria pego água quente e jogado em direção ao irmão, porém não conseguiu acertá-lo.  Eles passaram a discutir e a vítima foi esfaqueada.

No local dos fatos foram apreendidos uma enxada que estava atrás da porta da cozinha, uma faca de churrasco dentro do tanque e uma faca de serra no quintal.

O homem foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento Moreninha onde ficou sob escolta devido uma suposta pancada na cabeça.  Já a vítima foi encaminha para Santa Casa de Campo Grande.

O caso foi registrado na Depac Piratininga  (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) como Homicídio Simples na Forma Tentada.

 

 

Veja Também

Briga de trânsito leva a prisão de sucessor de Minotauro
Mãe discute com filha, ameaça sair de casa e desaparece
Mais um preso que fugiu da penitenciária de Pedro Juan é recapturado
Homem desrespeita medida protetiva e invade casa da ex-mulher
Homem embriagado tenta furtar carro da Prefeitura
Caminhão camuflado escondia contrabando de cigarro
RIO BRILHANTE Homem esfaqueia criança e recebe seis facadas nas costas da irmã da vítima O homem identificado como Valter José Souza 51anos, conhecido como “louro”, levou pelo menos seis facadas nas costas
Criança morre afogada em caixa d’água no distrito
Túnel pode ter sido fachada
Minotauro estaria entre os fugitivos