Menu
23 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Violência doméstica

Gestante que era mantida em cárcere privado é encontrada

De acordo com a mãe, o acusado foi até a casa da gestante e com uma faca obrigou a acompanha-lo

15 Jul2019Byanca Santos - Especial para o Diário Digital13h56

Os Investigadores do Grupo de Operações e Investigações (GOI) da Polícia Civil prenderam em flagrante na tarde do último sábado, 13 de julho, um jovem de 22 anos que mantinha em cárcere privado sua ex-companheira de 18 anos.

A jovem que estava grávida de 7 meses, teve um relacionamento de dois anos com o rapaz e em janeiro deste ano a mulher denunciou o acusado por agressão. A mãe da vítima procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Campo Grande, e denunciou o jovem. De acordo com a mãe, no dia anterior o acusado foi até a casa onde a gestante reside com a família, agrediu ela e com uma faca obrigou a acompanha-lo.

A mulher que era mantida como refém pelo acusado em uma casa no bairro Zé Pereira, foi resgatada pelos policiais do GOI por volta de 14h30 de sábado, sendo imediatamente encaminhada para a DEAM, na Casa da Mulher Brasileira.

Na ocasião a Polícia Civil representou por medidas protetivas que foram deferidas pela Justiça. Segundo informações da mãe, mesmo com as medidas protetivas o acusado se reaproximou da vítima e reatou o relacionamento.

O homem foi preso e autuado em flagrante por violência doméstica, sendo em seguida encaminhado ao sistema prisional.

 

Veja Também