Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Em Dourados

Garagista confessa crimes e alega ter agido por defesa

Julgamento continua e deve se estender até o período da tarde

25 Jul2017Da redação11h45

O garagista Júnior Chagas, acusado de ter matado Lucas Benites Gottardi, 21 e Ailton Fernandes dos Reis, 20, moradores em Caarapó, no dia 5 de abril do ano passado, confessou o duplo homicídio, porém, afirmou ter agido em legítima defesa contra a dupla.

O relato foi feito hoje (25) pela manhã durante julgamento que teve início às 8h no Fórum de Dourados.

De acordo com Chagas, dias antes do crime sua caminhonete foi furtada e ele recebeu telefonema pedindo uma espécie de 'resgate' para ter o veículo de volta.

O garagista então marcou encontro com uma pessoa e disse ter se assustado quando dos dois chegaram, realizando os disparos. A dupla seria suspeita de ter envolvimento no caso.

O julgamento continua e deve se estender até o período da tarde.

Júnior Chagas foi preso em maio de 2016, em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Justiça após investigações do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil.

(Com Dourados News)

Veja Também