Campo Grande •26 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Valdelice Bonifácio | Terça, 14 de Fevereiro de 2017 - 17h54Família de adolescente morto clama por justiçaJovem de 17 anos morreu hoje na Santa Casa após 11 dias de internação

  
Familiares e amigos choram a morte de Wesner Moreira na Santa Casa de Campo Grande (Foto: Marco Miatelo)
  • Familiares e amigos choram a morte de Wesner Moreira na Santa Casa de Campo Grande
  • Muito abalada, mãe da vítima deixou o hospital amparada por familiares e funcionários da Santa Casa (Foto: Marco Miatelo)
  • Elson Ferreira Silva, tio da vítima, mostra a foto do sobrinho (Foto: Marco Miatelo)
  • Lava Jato, no Jardim Morumbi, na Capital onde os fatos aconteceram (Foto: Marco Miatelo)
  • Wesner Moreira da Silva, de 17 anos, morreu hoje após 11 dias internado na Santa Casa (Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

Familiares do adolescente Wesner Moreira da Silva, de 17 anos, que morreu nesta terça-feira, dia 14 de fevereiro, 11 dias após ter sido ferido em um lava jato em Campo Grande clama por Justiça. “O que fizeram não foi brincadeira. Isso não é brincadeira. Isso pra mim foi homicídio”, desabafou o tio da vítima Elson Ferreira Silva durante entrevista na Santa Casa da Capital onde o jovem estava internado.

O adolescente foi ferido no lava jato onde trabalhava, no Jardim Morumbi, pelo patrão e um funcionário do local, amigo de infância da vítima, numa atitude que os agressores chamaram de brincadeira. O garoto teve a mangueira de alta pressão pressionada contra o corpo e perdeu parte do intestino. Até a data de hoje o caso estava sendo tratado pela Polícia Civil como lesão corporal grave, mas a família espera mudança nesse enquadramento agora que a vítima faleceu.

“O nosso sentimento é de revolta”, disse o tio. Elson Ferreira relata que no dia na internação de Wesner na Santa Casa conversou com um dos agressores e ouviu dele o relato de que as calças da vítima foram abaixadas e depois introduzida a mangueira de alta pressão. Porém, os agressores dizem à polícia que a mangueira foi colocada por cima da roupa. O próprio Wesner, em depoimento à polícia, teria confirmado a versão dos agressores, mas para o tio ele pode ter ficado com vergonha de relatar o abuso.

“Eu mesmo fiz o teste com a mangueira de alta pressão em mim mesmo. Pressionei por cima da roupa e não passou ar nenhum”, diz Elson Ferreira. A mãe da vítima esteve na Santa Casa, porém, muito abalada, ela deixou o hospital amparada por familiares e não falou com a imprensa. “Estamos todos muito indignados. O menino tinha vontade de crescer na vida, servir o Exército, comprar uma motocicleta. Tudo isso foi interrompido. Queremos justiça”, reiterou. 

Sangramento - Wesner Moreira da Silva faleceu às 13h35 na ala vermelha da Santa Casa de Campo Grande.  Durante o período de internação o jovem chegou a apresentar melhoras e foi encaminhado para a enfermaria do hospital.

Porém, no domingo, dia 12, começaram as complicações, segundo relato do tio. Hoje à tarde, o  a vítima sofreu um choque hipovolêmico, um grande sangramento no estômago e não resistiu. Durante o sangramento o jovem sofreu uma parada cardiorrespiratória e houve tentativa de reanimação por 45 minutos, porém, sem sucesso. 

Até a publicação desta matéria, a matéria não tinha revelado locais e horários dos funerais.

Veja Também
Jovem pede para polícia não prender marido após ser agredida
Polícia Federal vai investigar envolvido no jogo Baleia Azul
Falso médico é preso em Campo Grande
Advogado é executado a tiros de pistola na fronteira
Acidente na BR-262 mata duas pessoas e deixa uma ferida
Fazendeiro é autuado por armazenamento irregular de embalagens de agrotóxicos
Jovem é morto a tiros dentro de casa em Antônio João
Detento é morto no centro de Bataguassu
Acidente mata idoso e deixa quatro pessoas feridas na BR-163
Irmãos são presos após serem flagrados vendendo droga no Parati
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento