Menu
7 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Feminicídio

Ex-namorado mata professora a tiros

Após o crime, o autor atirou contra a própria cabeça; ele foi socorrido e está internado em estado grave

30 Nov2019Da redação15h39

A professora Angela Maria Jorge, de 62 anos, e ex-diretora da Escola Estadual Bom Jesus, em Três Lagoas, foi assassinada a tiros na noite desta sexta-feira (29). O autor do crime é o ex-namorado dela Carlos Roberto Felipe, de 59 anos, que após matar a vítima tentou suicídio. Ele está internado em estado grave, segundo o site de notícias Hoje Mais.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava em um baile e ao avistar o autor pediu para que um amigo a levasse para casa. Neste momento, Carlos interveio e pediu para levá-la embora. Após a recusa da vítima, ele sacou a arma de fogo e efetuou dois disparos que atingiram o tórax da professora. Ela morreu no local. Na sequencia, o homem atirou contra a própria cabeça.

Uma equipe da Perícia Técnica da Polícia Civil compareceu no local, e apreendeu a arma de fogo, municiada com cinco cartuchos, sendo três deflagrados e dois intactos. A polícia encontrou dentro da carteira de Carlos uma carta escrita a mão com os seguintes dizeres: “Foi pela pessoa que tanto amo mas não foi correspondido".

O objeto estava no interior de seu carro, um Fiat Pálio de branco. O automóvel estava aberto com a chave no contato.  O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) como feminicídio. O autor está internado no Hospital Auxiliadora, em Três Lagoas.

(As informações são do site de notícias local Hoje Mais)

Veja Também

Jamil Name deve voltar para o sistema penal de MS
Assaltante morre ao trocar tiros com policial militar
Adolescente suspeito de latrocínio é apreendido pela segunda vez
Maconha é apreendida em tanque de óleo vegetal
Após ser liberado por falta de vaga, acusado de matar taxista é levado à Unei
Fim de ano terá 3500 policiais nas ruas
Acusado de matar e esquartejar adolescente se apresenta e nega crime
Agentes tentam apartar briga e são agredidos por preso
Dois homens são mortos com mais de 30 tiros
Polícia prende suspeitos de assassinato de adolescente de 14 anos