Campo Grande •29 de Março de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Aguas - Campanha Março

Da redação | Sábado, 14 de Janeiro de 2017 - 13h10Ex-namorada pode estar envolvida em assassinatoPolícia Civil percorre casas vizinhas em busca de imagens de câmeras de segurança

  
Wesley Julião Barbosa Almeida morreu nesta residência onde entrou após levar os tiros em via pública (Foto: Valdelice Bonifácio)
  • Wesley Julião Barbosa Almeida morreu nesta residência onde entrou após levar os tiros em via pública
  • Polícia Civil já iniciou as investigações (Foto: Valdelice Bonifácio)

Na Rua Joana Maria de Souza, no Bairro Itamaracá, em Campo Grande, onde o jovem Wesley Julião Barbosa Almeida, 18 anos, foi assassinado a tiros na manhã deste sábado, 14 de janeiro, há muitos rumores sobre a motivação do crime. Há quem afirme que uma ex-namorada do rapaz estaria envolvida no caso, hipótese que a Polícia Civil não descarta, mas não confirma como linha concreta de investigação.

Nesta tarde, a Polícia Civil percorre casas vizinhas em busca de imagens de câmeras de segurança que possam mostrar a cena do crime. Wesley Julião foi assassinado por volta das 11 horas. Ela estava saindo de casa quando uma  camionete Hilux, de cor prata, se aproximou e um dos ocupantes atirou.

Dentro do veículo estavam um homem e uma mulher que as testemunhas não conseguiram reconhecer. A mulher era quem incentivava o homem a atirar na vítima, segundo relatos de populares. A Polícia Civil ainda não sabe quem é a mulher e nem a ligação dela com a vítima.

Wesley teria sido atingido por ao menos três tiros. Ferido, ele ainda correu para dentro da casa de um vizinho, apavorando os moradores. “Ele caiu agonizando no corredor, perto do quarto, foi chocante”, disse um parente dos proprietários da residência. Moradores afirmam ter ouvido os três disparos, momento em que muitos correram para dentro das casas. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas o rapaz morreu antes da chegada do socorro.

A Polícia Civil também não descarta acerto de contas, pois a vítima teria rixas com grupos da região e ainda passagens pela polícia por crimes como furto e roubo. Até o fechamento deste texto ninguém havia sido preso.

Veja Também
Ré chora e revolta familia da vítima
Nordestinos, vendedores de rede são flagrados embalando 600 tabletes de maconha
Quarta, 29 de Março de 2017 - 09h58Família é roubada três vezes em cinco dias Vítimas não registraram roubos por conta de estar sem tempo
Idoso é morto com golpe de facão em aldeia; 2º caso do dia
Assaltado após
PMA apreende lama asfáltica que viria para Campo Grande
Ladrão
Guarda Municipal é a primeira do País a fazer curso da PF
Advogado afirma que cliente suspeito de desmanche é inocente
Câmeras flagram furto de S-10 levada a desmanche
Square Banner Sicredi
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento