Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Crime ambiental

Estudante é preso por derrubada árvores

Autor estava cortado árvores nativas de ipê

9 Jun2018Da redação13h37

Depois de receber denúncias, de que elementos estariam retirando madeira ilegalmente na região do assentamento Monjolino, no município de Anastácio, Policiais Militares Ambientais de Aquidauana prenderam ontem (8), um estudante de 22 anos, por exploração ilegal de madeira.

A PMA localizou o ponto da denúncia e ouviu barulho de motosserra em um morro com mais de 45º, que é área protegida. Ao chegar no local do barulho pela mata, os Policiais localizaram o infrator, que havia cortado árvores nativas de ipê sem autorização ambiental. Ele transformava a madeira explorada em estacas para cerca. Foram apreendidas 58 estacas. As atividades foram paralisadas e a madeira apreendida.

O infrator, domiciliado em Campo Grande, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Anastácio e responderá por crime ambiental de derrubar árvores em área de preservação permanente, com pena prevista de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 500,00

Veja Também