Campo Grande • 02 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | sábado, 17 de setembro de 2016 - 10h08PMA paralisa construção de estaleiroProprietários da obra são autuador em R$ 15 mil

Obras estão provocando degradação ambiental
Obras estão provocando degradação ambiental (Foto: Divulgação/PMA)

Policiais Militares Ambientais de Corumbá realizavam fiscalização fluvial no rio Paraguai e fecharam ontem (16) à tarde, um estaleiro que iniciava o funcionamento de atividade ilegalmente à margem do rio Paraguai, na região do Distrito de Porto Morrinho no município. A empresa proprietária da atividade possuía apenas a licença ambiental prévia (LP), a qual autorizava apenas o local do empreendimento, no entanto, já estava realizando as obras de instalação da atividade, sem a devida licença adequada (Licença de Instalação).

As atividades foram paralisadas e a empresa, com domicílio jurídico no Rio de Janeiro (RJ) foi autuada administrativamente e multada em R$ 15.000,00. Os responsáveis pela empresa foram notificados a regularizar as atividades. Eles também responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora em desacordo com a autorização ambiental obtida. Se condenados, poderão pegar pena de detenção de três meses a um ano de detenção.

Veja Também
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento