Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Interior

Esposa é acusada de matar o marido em fazenda

Vítima foi encontrada em cima da cama com um tiro

7 Dez2017Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital.16h25

Aparecido Alves Rosa, de 42 anos foi encontrado morto na quarta-feira (06) em uma fazenda às margens da BR-262, em Três Lagoas, com um tiro em cima da cama. Vítima já estava em estado de decomposição.

De acordo com o site JP News, o corpo da vítima foi encontrado pelo patrão. Os principais suspeitos de terem cometido o homicídio é a mulher de Aparecido, Juliane dos Santos, de 25 anos e o amante João Pedro Cordeiro, de 18 anos.

Segundo informações o casal teria ido até uma residência no bairro Paranapungá, na quarta-feira, e pedido abrigo, porém o morador achou a atitude de Juliane e João Pedro suspeita e ligou para a polícia.

Os policiais chegaram ao local e abordaram o casal, que confessou ter cometido o crime, eles ainda revelaram aos policiais detalhes de como aconteceu.

O corpo de Aparecido foi encontrado pelo dono da fazenda em que ele trabalhava, o proprietário contou à polícia que o corpo do funcionário, estava em cima da cama.

Durante vistoria na casa de Aparecido, foi encontrada uma espingarda calibre 32 com um cartucho deflagrado. A arma estava escondida atrás do freezer, na cozinha, e mais dois cartuchos vazios foram apreendidos em cima de uma mesa na varanda.

A motivação do crime ainda não foi revelada. Testemunhas disseram que Aparecido e a mulher teriam discutido no dia 2 de dezembro, data em que supostamente a vítima não teria sido mais vista.

O caso foi encaminhado para Polícia Civil, que abriu inquérito para investigar o fato.

Veja Também