Menu
28 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Estupro

Enteada de homem procurado por estuprar filha presta depoimento

Jovem não se lembra de ter sofrido violência na infância

17 Jan2020Da redação17h23

Uma das enteadas de Ezequiel da Silva Cruz, de 33 anos, procurado por estupra a filha de sete anos, com a ajuda da mãe da criança, prestou depoimento na Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) nesta sexta-feira (17).  A jovem foi ouvida e disse à polícia que não tem boas recordações da infância. Apesar disso, alegou não ter certeza se ela também foi violentada pelo padrasto quando era criança. 

 Aos cinco anos, ela foi trazida para morar com uma tia na Capital e perdeu o contato com a mãe e os irmãos. Segundo a delegada Franciele Candotti Santana, a jovem relatou que a irmã mais velha que atualmente teria um envolvimento com o padrastro também não foi criada pela mãe, mas há dois anos teria retornado a Corumbá para passar umas férias e decidiu voltar a viver com a família. " Ela diz que a irmã é dois anos mais velha que ela e apesar de também não se lembrar, acha que a irmã pode ter sido vítima de abuso sexual cometido pelo padrasto". 

A mãe das crianças tem outros quatro filhos maiores de idade de um relacionamento anterior, entre elas as duas jovens. Pórem, segundo testemunhas, Ezequiel teria um envolvimento amoroso com a enteada mais velha com quem fugiu após a última denúncia. 

A Polícia Civil solicitou a prisão preventiva de Ezequiel por estupro de vulnerável e da esposa dele e mãe das crianças que foi indiciada como co-autora do crime. 

Em 2017, Ezequiel já havia sido denunciado pelo crime de estupro de vulnerável contra a filha e desde de julho de 2019, ele é considerado foragido da justiça pelo crime de violência doméstica.  

 A mãe das crianças e nem a filha mais velha foram localizadas. 

Caso - O Conselho Tutelar foi acionado, na quarta-feira (15) após a denúncia de um vizinho que recebeu o vídeo da menina de sete anos sendo estuprada pelos pais.  Na casa da família, quatro crianças entre 13 e 4 anos foram encontradas em situação degradante, se limentado de comida estragada e estavam sozinhas quando foram resgatadas. Elas permanecem em um abrigo. 

Veja Também

Detento é asfixiado por colega de cela
Homem é multado por deixar cachorros e aves sem alimento e água
PMA autua 55 infratores, apreende 859 kg de pescado e aplica R$ 105 mil em multas
Procon autua estacionamento por reduzir tempo de permanência com preços inalterados
Prefeitura convoca motoristas selecionados em processo seletivo
Funcionário é baleado durante assalto
DOF apreende cerca de 400 mil dólares e prende dois
Mulheres são flagradas furtando supermercado
Passageira morre durante acidente e motociclista foge
Homem é encontrado queimado no São Conrado