Menu
26 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Assédio e exploração sexual

Empresário é acusado de assédio e exploração sexual contra ex-funcionários

Acusado não negou os fatos, mas preferiu permanecer em silêncio

19 Out2016Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital13h35

Um empresário de 46 anos, de Sonora, foi acusado na terça-feira, dia 18, por assédio sexual, importunação ofensiva ao pudor, ameaça e exploração sexual de adolescente. Os crimes foram cometidos contra um jovem, de 19 anos, e um adolescente, de 14 anos, ambos os ex-funcionários do autor.

Foi expedido um mandato de mandado de busca e apreensão, para o empresário. Na chácara do autor foram encontrados, preservativos masculinos, diversos lubrificantes íntimos e uma mangueira de bomba peniana. Laudo pericial foi feito no notebook do autor, onde foi encontrado fotos de indivíduos nus e seminus praticando sexo.

Conforme o site Coxim Agora, durante investigações foi encontrado outra vítima, um adolescente de 14 anos de idade, que trabalhou como ajudante de pedreiro na chácara do autor. De acordo com o adolescente o autor por diversas vezes manter relações intimas com ele, com promessas de presenteá-lo com um aparelho de celular.

Durante o seu interrogatório policial, o indiciado não negou os fatos e optou por permanecer em silêncio.

Veja Também