Menu
26 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Meio Ambiente

Empresa paulista é multada em R$ 100 mil por concluir obra ilegal

Construção de residência às margens de rio Paraguai Mirim estava embargada

11 Mar2017Da redação15h32

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Corumbá realizava fiscalização  no rio Paraguai Mirim e localizou a construção de uma residência e de uma estrada, dentro da área de preservação permanente (APP) do rio. Uma empresa, proprietária da fazenda, localizada a 130 km da cidade de Corumbá, descumpriu ordem de interdição e concluiu uma residência em alvenaria, que já tinha sido embargada pela PMA, por estar dentro da área de preservação permanente (APP) de matas ciliares do rio.

Além disso, construiu ainda uma estrada na área protegida. As atividades foram interditadas novamente. A empresa infratora, com sede em São Paulo (SP), foi autuada administrativamente hoje (11) e foi multada em R$ 100.000,00.

Os responsáveis pela empresa também responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de detenção, de um a três anos.

Veja Também