Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Capital

Embriagado, homem diz ser o PCC e ameaça polícia

Motorista tentou fugir, porém, foi preso na região pelos militares

6 Set2017Elaine Silva - Especial para Diário Digital08h30

Um motorista de 28 anos disse que era integrante do Primeiro Comando da Capital, foi preso depois de causar um acidente e agredir os policiais, além de ameaçar.  O caso aconteceu na noite de ontem (05) no cruzamento das ruas Valério de Almeida com Alberto de Jesus, Parque Residencial Iracy Coelho, em Campo Grande.

Segundo a polícia uma mulher, que não foi identificada, estava em um veículo Corsa Win, seu veículo foi atingido por um Ecosport, conduzido pelo autor de 28 anos.  Após a colisão o autor, que aparentava estar embriagado, desceu do automóvel. A vítima chamou por um amigo, quando ele chegou o motorista tentou agredi-lo. Sem sucesso autor chutou o portão de uma residência e logo depois fugiu, porém foi localizado na região e detido pelos policiais militares.

Durante a abordagem o autor tentou agredir os agentes com chutes e socos e ainda ameaçando eles dizendo ser membro do PCC e que iria matar eles depois que saísse da cadeia, pois tinha um revólver 38. Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da vila Piratininga.

Veja Também