Menu
17 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Julgamento

Apenas um confessou que matou “John John”

Quatro acusados estão sendo julgados hoje

13 Fev2020Da redação11h10

O julgamento chega na reta final.  Gabriel Rondon da Silva, Maycon Ferreira dos Santos, Tiago Rodrigues de Souza e Elionai Oliveira e Leonardo Caio dos Santos sentaram no banco dos réus acusados de sequestrar e decapitar John Hudson dos Santos Marques, conhecido como “John John”, em fevereiro de 2018. O julgamento começou às 13 hora de quarta-feira (12).

O primeiro a ser ouvido foi Gabriel, vulgo Biel, que confessou o crime e disse ter matado a vítima para se vingar da morte do primo que teria sido agredido por “John John”.

O julgamento deve durar o dia todo. Durnte a sessão, o  juiz Aluízio Pereira dos Santos e o Ministério Público acataram o pedido e Maycon foi retirado do tribunal para ser julgado em nova data, sob a designação de outro defensor.

Segundo o juiz responsável pelo caso, o John John foi sequestrado, morto a tiros e decapitado por membros da facção Primeiro Comando da Capital, da qual faria parte. No entanto a vítima teria se aliado ao Comando Vermelho, um grupo rival. 

Durante o "tribunal do crime", membros do PCC decidiram por meio de conversas telefônicas pela morte do rapaz. Ele foi assassinado em fevereiro de 2018. Seu corpo foi encontrado em uma estrada vicinal, na saída para Terenos. 

 

Veja Também

PM mata sogro e fere esposa durante briga
Depoimento de pai que matou filho é adiado
Estelionatário que vendia produtos falsificados é preso pela Decon
Quatro são presos com contrabando no Assentamento Itamaraty
Trabalhador é atropelado na Bandeirantes
Ação contra furtos em fazendas termina com homem preso e veículos apreendidos
Homem mata amigo a golpes de machado durante bebedeira
Adolescente morre com suspeita de overdose
Mulher tem pescoço cortado com facão por namorado
Homem é encontrado morto no Coophatrabalho