Campo Grande •22 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo - Governo Presente - Matrícula

Da redação | Sexta, 1 de Setembro de 2017 - 17h49Com celas lotadas, presos ocupam corredor de delegaciaNa unidade, 19 presos estão divididos em duas celas que têm capacidade para quatro

(Foto: Divulgação/Sinpol-MS)

Na Delegacia de Água Clara, a lotação é tamanha que presos estão acomodados nos corredores por falta de espaço nas celas. A situação foi denunciada nesta sexta-feira, 1º de Setembro, pelo Sindicato dos Policiais Civis de MS.

Conforme a entidade, a unidade está com 19 presos divididos em duas celas que cabem quatro, mais três presos autuados por crime de violência sexual estão no corredor e mais um advogado que ocupa uma cela ‘especial’.

Na avaliação do presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda, a situação está insustentável. “Chegamos ao cúmulo de ter presos nos corredores, se continuar assim talvez tenhamos que começar a soltá-los por falta de espaço. Até quando o Governo do Estado, o Poder Judiciário, o Ministério Público e a Defensoria Pública se eximirão de suas responsabilidades?”, declarou indignado.

De acordo com a lei, pessoas acusadas de crime sexual não podem ficar junto com presos de outros crimes devido ao risco de morte.

Só em 2017, a delegacia de Água Clara já registrou três motins, sendo o mais recente há 15 dias quando os presos tentaram arrancar as grades das celas por desconfiarem da qualidade da comida. A unidade também é destaque no documentário “A Realidade da Polícia Civil em MS”, produzido pelo sindicato. O Sinpol-MS irá requerer ao Juiz da Comarca a interdição da delegacia por não apresentar condições de segurança aos policiais civis, aos presos e à população da cidade.

Veja Também
PF de MS divulga e-mail para receber denúncias
Ex-juiz é preso com 30 kg de cocaína
Duas mulheres foram presas com 37 tabletes de maconha em Dourados
Pecuarista é multado por desmatar matas ciliares de rio
Homem que matou ex-namorada a tesouradas vira réu
Estelionatários fizeram 25 mil vítimas no país
Aviões, fazendas são alvo de operação
PF apreende mais de R$ 1 milhão
Terça, 21 de Novembro de 2017 - 08h49Homem de 41 anos é morto a facadas por amigo após desentedimento Testemunhas relataram que discussão começou após Roberto Dias de Oliveira ter sido flagrado com a mulher do suspeito de homicídio
Homem foi executado com dois tiros e suspeita é de
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento